Cinco dicas para aliar sustentabilidade à construção civil

Entulhos, material de construção desperdiçado e mau uso dos recursos naturais são, infelizmente, problemas comuns na hora de construir ou reformar. Mas não precisa ser assim: hoje em dia, práticas como essas estão ficando pra trás com a união cada vez mais forte entre sustentabilidade e construção civil.

Fazendo uso de materiais mais sustentáveis e construindo com respeito ao meio ambiente é possível reduzir não apenas o impacto da construção na natureza, mas também os gastos da obra. Estudos indicam que um investimento inicial em sustentabilidade pode trazer economias a longo prazo, principalmente com água e energia.

Listamos abaixo algumas dicas de como construir em harmonia com o meio ambiente, sem complicações:

1) A gestão de resíduos deve estar presente em todas as etapas da obra, desde a compra dos materiais à finalização. Os entulhos são grande parte do impacto da construção civil no meio ambiente, sendo necessário gerenciá-los para que haja menos desperdício dos materiais, e para que os resíduos sejam devidamente descartados e encaminhados para a reciclagem.

2) A reutilização da água é imprescindível atualmente, principalmente em cidades que sofrem constantemente com crises hídricas. Econômica e sustentável, a prática ajuda a diminuir o volume de água jogado em vias públicas, prevenindo enchentes e diminuindo o desperdício.

3) Substituições inteligentes podem fazer toda a diferença no orçamento – e trarão menos impacto ao meio ambiente. Lâmpadas de baixo consumo, como as de LED, costumam ser a escolha mais popular nessas horas, mas ainda há outras opções, como os painéis fotovoltaicos. Uma alternativa complementar e ainda mais ecológica e econômica é planejar áreas da construção que possam desfrutar de iluminação natural, minimizando o uso de iluminação artificial.

4) Cores ajudam a economizar: cores escuras absorvem muito mais calor solar em relação às cores claras. Essa dica é crucial na hora de pintar as paredes, podendo gerar uma economia significativa ao reduzir o gasto de energia elétrica para refrigerar o ambiente.

5) Prefira materiais de baixo impacto ambiental, que poupam recursos naturais e possuem maior durabilidade. Como, por exemplo, os blocos de concreto pré-moldados: consomem menos energia, absorvem menos o calor, possuem fácil instalação e manutenção e são mais resistentes e ecológicos em relação ao asfalto, por exemplo.

A Cidade Engenharia tem um compromisso firmado com o meio ambiente. Acreditamos que o consumo consciente dos recursos naturais e o aumento de seu reaproveitamento é o caminho ideal. Economia, consciência e comprometimento com as próximas gerações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *